ATÉ QUANDO, JUDICIÁRIO, ABUSARÁS DA NOSSA PACIÊNCIA?

ATÉ QUANDO, JUDICIÁRIO, ABUSARÁS  DA NOSSA PACIÊNCIA?